Suar ajuda a manter o corpo frio. Todos as pessoas suam, especialmente em dias muito quentes, após exercícios físicos ou durante uma situação estressante, em que se fica nervoso, com raiva, envergonhado ou com medo. No entanto, algumas pessoas suam em excesso e de forma incontrolável. A esse distúrbio, caracterizado por sudorese excessiva e incontrolável, dá-se o nome de Hiperidrose.

Hiperidrose é a hiperprodução de suor, que pode ser generalizada, simétrica ou assimétrica. É uma condição que provoca suor excessivo, na qual os pacientes podem transpirar muito até mesmo em repouso. Pessoas com hiperidrose têm glândulas sudoríparas hiperfuncionantes.

A hiperidrose pode ocorrer de diferentes causas, como fatores emocionais, hereditários ou doenças. Diferentes regiões do corpo podem ser acometidas: palma das mãos, planta dos pés, axilas, virilhas, rosto e cabeça. Há ainda um tipo especial, a hiperidrose gustativa, que é localizada (lábios, testa, nariz), sendo causada pela ingestão de alimentos picantes e condimentados, e em determinadas pessoas não se conhece a patogenia.

TIPOS DE HIPERIDROSE

Há dois tipos de hiperidrose, primária focal e secundária generalizada.

    Hiperidrose primária focal: aparece na infância ou adolescência, geralmente na axila, palma das mãos e planta dos pés. Afeta de 2 a 3% da população.
    Hiperidrose secundária generalizada: causada por uma condição médica ou pelo efeito colateral de uma medicação. As pessoas com hiperidrose secundária generalizada suam em todas as áreas do corpo ou em regiões incomuns. Costuma surgir na fase adulta.

O suor incontrolável pode levar à sensação de desconforto significativo, tanto físico como emocional, por isso, a importância do tratamento.

O tratamento é determinado de acordo com a causa da hiperidrose, e envolve a prescrição de medicamentos que impedem a estimulação das glândulas sudoríparas, até a aplicação de Toxina Botulínica, que pode ser injetada na axila, mãos, ou nos pés para bloquear temporariamente a sudorese. O uso de cremes e antitranspirantes é indicado em situações em que o quadro é mais leve. Nos casos mais graves, em que o paciente não responde ao tratamento clínico, pode ser necessária intervenção cirúrgica.

Procure seu Dermatologista que vai orientar o melhor tratamento para você.

A Mealth Clinic, clínica dermatológica no Rio de Janeiro, conta com um time de médicos dermatologistas capacitados para te atender e tirar suas dúvidas. Agende uma consulta!