A glândula tireoide é responsável por inúmeros processos no organismo, participando de muitas etapas metabólicas. Sua função é produzir, armazenar e liberar hormônios na circulação sanguínea que regulam o funcionamento de praticamente todo o corpo, incluindo o cérebro, coração, cabelos, unhas e ciclo menstrual. Os principais hormônios liberados são triiodotironina (T3) e tiroxina (T4), e a função deles é controlar e equilibrar o funcionamento do corpo.

O controle da tireoide se dá pela hipófise, e é pelo “policiamento” da hipófise que a tireoide é indicada a produzir mais ou menos hormônios. Quando a hipófise detecta baixa circulação de hormônios tireoidianos, ela produz o hormônio TSH (Thyroid-Stimulating Hormone), que estimula a tireoide a produzir os hormônios T3 e T4. Essa baixa circulação de hormônios é chamada de hipotireoidismo.

Quando ocorre o contrário e a circulação de hormônios é maior do que a necessidade do corpo, chamamos de hipertireoidismo. Saiba mais a seguir sobre esses dois quadros.

Hipotireoidismo

Com a produção insuficiente dos hormônios, todo o corpo começa a funcionar mais devagar, tanto os órgãos quanto os movimentos corporais. A sensação de cansaço aumenta e é comum que o indivíduo aparente ter mais sono e indisposição. Tudo isso gera muitos sintomas que devem ser investigados assim que observados pelo paciente, pois o corpo entra num estado em que o organismo quer pausar todos os processos, e isso pode causar até depressão.

Sintomas do hipotireoidismo

A seguir, vejamos uma lista de sintomas causados pelo hipotireoidismo:

  • Cansaço e sonolência
  • Prisão de ventre
  • Diminuição do apetite
  • Inchaço
  • Diminuição da libido
  • Pele fria e intolerância a baixa temperaturas
  • Alterações na menstruação
  • Reflexos lentos
  • Baixa frequência cardíaca
  • Aumento da glândula

Hipertireoidismo

O processo aqui ocorre totalmente contrário ao anterior. O corpo entra em estado de agilidade, acelerando o organismo e os processos que envolvem os hormônios. O corpo do paciente sente uma carga extra de energia e fica sempre tentando queimar aquilo tudo, portanto, é comum o paciente apresentar um comportamento acelerado mesmo estando com o corpo cansado.

Sintomas do hipertireoidismo

  • Ansiedade e nervosismo
  • Frequência cardíaca acelerada
  • Perda excessiva de peso
  • Intolerância ao calor e suor excessivo
  • Tremores no corpo
  • Insônia
  • Aumento da glândula

Nódulos e tumores na tireoide

Enquanto o hipotireoidismo e o hipertireoidismo contam com um tratamento imediato e que pode devolver a qualidade de vida do paciente mais rapidamente, outros problemas preocupam mais, como os nódulos e tumores na tireoide.

Os nódulos podem ser notados ou não, e variar de tamanho. É muito comum em mulheres acima dos 40 anos e, portanto, exames periódicos devem ser feitos a partir dessa faixa de idade. Apesar dos carocinhos assustarem, mais de 85% dos casos não são malignos e só requerem atendimento e acompanhamento clínico para observar e investigar o que deve ser feito.

Quanto aos tumores, o problema fica mais sério. Assim como os nódulos, os tumores também são mais comuns em mulheres, mas atenção: se descobertos no início, as chances de cura são bem altas. Para se chegar à forma adequada de tratamento, o caso deve ser investigado pelo especialista e, normalmente, a recomendação é a cirurgia ou a radioterapia.

O fator genético interfere na incidência de tumores na tireoide, então é importante a realização de exames e a investigação de qualquer sintoma suspeito.

Se informe e busque ajuda de um endocrinologista

O endocrinologista é o médico responsável por investigar e tratar os distúrbios da tireoide, e como sempre tudo começa na prevenção. Faça exames de rotina, vá ao especialista se observar algo diferente no corpo, se sentir cansaço excessivo, ou se sentir que o corpo está funcionando mais rápido do que deveria. Cuidar da saúde é o mais importante.

A Mealth Clinic, clínica de dermatologia no Rio de Janeiro, também conta com endocrinologistas capacitados para te atender. Agende sua consulta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.